sábado, 4 de junho de 2011

A Aposta de Pascal

“Consideremos este ponto e digamos o seguinte: Ou Deus existe ou não existe. Mas qual das alternativas devemos escolher? A razão não pode determinar nada: existe um infinito caos a nos dividir. No ponto extremo desta distância infinita, uma moeda está sendo girada e terminará por cair como cara ou coroa. Em que você aposta? Pesemos o ganho e a perda em escolher a Deus. Consideremos estes dois casos: se ganhardes, ganhareis tudo, e se perderdes, não perdereis nada. Apostai, pois, que ele existe, sem hesitar”.

Blaise Pascal, Pensamentos (edição póstuma, 1844)

Nenhum comentário:

Postar um comentário